Focos nas EADs

Por Israel Araújo

O título da coluna não trata de ensino a distância, mas de algo muito valorizado no mundo corporativo de hoje, as equipes de alto desempenho ou alta performance, como alguns costumam chamar. O que faz com que algumas equipes de trabalho sejam bem sucedidas e alcancem excelentes resultados enquanto outras não conseguem atingir seus objetivos? Esta é uma pergunta feita por empresários e gestores que precisam encontrar um caminho para melhorar o desempenho do seu time de executivos e colaboradores. O que alguns ainda não sabem é que já existem ferramentas para entender, diagnosticar e mapear o conjunto de atividades nas quais as equipes precisam se dedicar para alcançar o sucesso.

Uma empresa australiana, criada por Charles Margerison e Dick McCann, realizou um levantamento com gestores e equipes em todo o mundo para identificar as razões pelas quais algumas equipes conseguiam atingir alta performance em seus trabalhos.

Dessa pesquisa foram identificadas as funções desempenhadas pelas equipes de sucesso. Segundo eles, são oito as principais funções das equipes de alto desempenho: Manutenção, Consultoria, Inovação, Promoção, Desenvolvimento, Organização, Produção e Inspeção. Cada uma dessas funções compreende um determinado tipo de atividade ou direcionamento de atitude que precisa existir como o papel principal de, pelo menos, um membro de uma equipe de alto desempenho. Na verdade, o que determina a alta performance da equipe é a existência de todas as funções, divididas entre os seus respectivos membros, de uma forma consciente e integrada.

Integração é a palavra chave. Em toda equipe precisa haver uma definição adequada de papéis e a perfeita identificação de quando cada um desses papéis deve ser posto em prática, de maneira sinérgica e integrada. Quando realizamos um trabalho de consultoria para desenvolvimento de equipes de alta performance, o primeiro passo é mapear o perfil da equipe. Assim, é possível identificar as funções mais desenvolvidas e aquelas que precisam de maior atenção. Desta forma, é possível direcionar a mobilização de reforços para suprir as funções menos desenvolvidas ou trabalhar a equipe para balancear seus esforços no sentido de complementar suas ações com atividades pelas quais não existe uma preferência natural dos integrantes.

Todas as empresas, sejam elas de qualquer porte, área ou setor, costumam se caracterizar por serem formadas por várias equipes. Quando o empresário melhora o desempenho de uma, sinaliza para todas as outras. Você, caro leitor, quer saber qual a importância do desempenho de uma equipe? Observe a equipe de onze profissionais que vão vestir a camisa canarinha na África do Sul. Consegue imaginar se todos os onze fossem zagueiros ou somente atacantes? É preciso gente na defesa, meio de campo, laterais e ataque. Cada um tem papel fundamental no resultado final!

E-mail: israelaraujo@israelaraujo.com.br – twitter: @israelaraujorh

Fonte: Diário do Nordeste

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: