SPED fiscal

  Por Junior Faj

Varejistas. Se os tributos recolhidos por sua empresa são a… Imaginem agora.

Alguns anos atrás, o Brasil, mesmo sendo um dos países com maiores cargas tributárias do mundo, ainda perdia volumes de arrecadações.

 As formas em contabilizar impostos eram burocráticas e manuais.

Tais procedimentos empobrecia o caixa do governo.

Hoje, com o avanço, crescimento e desenvolvimento acelerado da TI, o governo vem usando essa ferramenta como aliada na busca pela ORGANIZAÇÃO FISCAL.

E porque não exemplificar: ‘melhores arrecadações’.

O sistema público de escrituração digital, SPED, é um instrumento criado e que está sendo utilizado para eliminar o uso da escrituração em papel.

Um verdadeiro adeus às burocracias manuais antes existentes e que tanto empobrecia o governo.

Procurando acompanhar este novo modelo de gerenciamento fiscal, inúmeras empresas tentam adquirir TI compatíveis a essa esfera tributária implantada – Para muitos, uma realidade longe de ser vivenciada.

Vários são os sistemas operacionais existentes nas empresas que não conseguem se relacionar com o fisco – SPED.

A cada dia legislações mutáveis e conhecimentos incógnitos do mundo fiscal vem alimentando o desentendimento do que parecia ser a mais simples ferramenta de ORGANIZAÇÃO FISCAL – SPED

Datas prorrogáveis continuaram a nascer?

Enquanto os sócios ‘governo e empresas’ não se alinham, errar será para o contribuinte um bom negócio para a arrecadação fiscal. Pensem nisso.

(Junior Faj, Administrador, Escritor, Consultor e Palestrante, http://www.juniorfaj.com)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: