Ser compreendido

Mundo Corporativo

Sandra Nagano

Esta coluna é publicada as Quintas feiras.

COMUNICAR É PRECISO

O ser humano tem uma necessidade nata de se comunicar. A todo instante, procuramos meios para tornar a comunicação mais clara e eficiente, com a finalidade pura e simples de ser melhor compreendido. É claro que há aqueles que têm tendências e habilidades para sofismas, mas no geral, o que queremos mesmo é que nossas palavras e ideias sejam processadas corretamente. E, claro, que isso não poderia ser diferente no mundo corporativo.

Atualmente, as empresas estão cada vez mais conscientes da importância de manter um bom canal de comunicação com seus funcionários. Afinal, além de fazerem importantes trabalhos diários, são estes colaboradores que, hoje em dia, fazem a imagem da empresa. Por conta disso, as organizações estão investindo cada vez mais na comunicação interna com seus funcionários, tanto quanto na comunicação externa com seus clientes e fornecedores.

Duas vias

Mas é sempre bom lembrar que a comunicação não se dá numa via de mão única, mas sim num sistema de trocas. Não adianta falar só, enquanto o outro somente escuta. Por isso, ao contrário que muita gente acredita, comunicação interna não se resume a um quadro de avisos, um spam do endomarketing na caixa de emails e infindáveis reuniões de feedback. Trabalhar a comunicação interna de uma organização também passa pelas demandas e expectativas de seus colaboradores de todos setores da empresa. Sem eles, como sobreviveria uma organização?

Há especialistas que defendem que a comunicação interna para ser eficiente deve seguir o padrão dos 5 Cs: clara; consistente, curta; completa e contínua. Mas o mais importante neste processo é que haja um planejamento – para que as ações não sejam esporádicas e sem foco – e que a comunicação interna seja entendida como uma ação vital no plano estratégico das empresas.

HORA DO CAFEZINHO

No mundo corporativo, existe um tipo que está sempre pronto para colocar água no café de seus colegas. É o fofoqueiro de carteirinha. Se você cruzar com um desses na sua empresa e até for vítima de seus comentários malquistas tenho duas dicas: confronte-o e tenha uma conversa clara com o sujeito; se não adiantar, leve o assunto para seus superiores. Se existir um canal de comunicação eficiente na empresa, com certeza, seu caso será ao menos analisado.

CORPORATIVÊS

Você sabe o que é endomarketing? Trata-se de um setor de marketing interno da empresa cuja função é conscientizar e informar colaboradores de todos os setores da organização. Criatividade e planejamento devem fazer parte do dia-a-dia desse setor, que além de informar através de e-mails e jornais internos, deve ajudar a fortalecer as relações internas e incorporar os colaboradores na missão, visão, princípios e estratégias da empresa.

Sandra Nagano é jornalista da área econômica

Fonte: O Povo On Line

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: