O inferno são os outros?

Mundo Corporativo

Sandra Nagano

Esta coluna é publicada as Quintas feiras.

UMA CARICATURA

O mundo corporativo é repleto de pessoas cujos perfis são caricaturáveis. Um exemplo disso é uma figurinha ainda frequente nas empresas: o chefe para quem o “inferno são sempre os outros”. Pelo menos é o que têm relatado alguns leitores por email. Nesta semana, resolvi ler algumas mensagens, as quais recebi ao longo desses últimos meses, de leitores que não se sentem mais motivados no trabalho. Grande parte dessas mensagens descrevem seus chefes como aqueles que descontam suas raivas e frustrações em cima de seus subordinados.

FRUSTRAÇÕES

Pensando nestes leitores, resolvi falar um pouco deste tipo de gestor que, quando recebe uma crítica negativa ou não obtém bons resultados no trabalho, nunca se prontifica a assumir seus próprios erros. Para ele, geralmente, os grandes culpados são os membros “incompetentes” da sua equipe. Afinal, são seus colaboradores que fazem a engrenagem rodar, enquanto ele está ocupado com uma centena de outras tarefas e demandas. Como vive a criticar negativamente seu grupo, seu departamento sofre com um grande nível de rotatividade de funcionários e evasão de possíveis talentos.

PARTE DO PROBLEMA

Se um gestor não encontra outro culpado por esta instabilidade – no quadro de funcionários e no clima organizacional – a não ser sua própria equipe, isso sim pode ser um grande problema. Afinal, ele pode ter esquecido a sua principal função na empresa: gerir funções e pessoas – como o próprio nome do cargo sugere. Se a equipe como um todo vai mal, o gestor também precisa assumir suas responsabilidades, bem como o seu papel na corporação.
O OUTRO LADO

Cá entre nós, é muito fácil malhar a imagem do chefe quando as coisas não andam muito bem no trabalho. Às vezes, não percebemos, mas há momentos que cometemos os mesmos erros os quais apontamos em outrem. Portanto, é sempre bom estar atento nos motivos que o faz sentir desmotivado no trabalho. Verifique onde está a origem de seu desânimo (falta de expectativa na carreira; trabalho que não promove qualquer prazer; problema de relacionamento com colegas, etc), pois nem sempre “o inferno é o outro” (ou seu chefe), mas o problema pode estar em você mesmo. É sempre um bom exercício ponderar nossas colocações antes de culpar o outro. Isso vale tanto para colaboradores quanto para gestores e diretores.

HORA DO CAFEZINHO…

1 Se o seu chefe tem esse problema de admitir seus próprios erros e – pior – vive a culpar você dos problemas dos projetos do setor, por exemplo, use a técnica do “conte até 10 e respire fundo”. Afinal, chefe é chefe, e é muito mais fácil trocar de colaboradores que de gestor. Portanto, não use o tempo do cafezinho para malhá-lo em público. Afinal, as paredes têm ouvido e aquele companheiro que sempre concorda com suas colocações (com acenos de cabeça ou com aquele famoso “aham”) pode levar as suas opiniões nada amistosas para a sala da diretoria. E o seu próximo cafezinho na empresa pode (dependendo do chefe) ser na sala do Recursos Humanos.

 MINUTO SABÁTICO

2 Antes de iniciar um processo de auto-análise profissional, aproveite o final de semana para manter a mente fresca e alma leve. Somente assim, poderá avaliar os “como” e “porquês”, por exemplo, da falta de ânimo no trabalho. Por isso, vale de tudo para esquecer o estresse do trabalho: fazer exercícios físicos, ler um bom livro, ir ao cinema, encontrar os amigos, curtir a família, etc. Tudo isso, é claro, sem falar de trabalho! Pelo menos no final de semana!

CORPORATIVÊS

3 Por um acaso, você já fez uma lista de Assignments da semana? É sempre bom mantê-la atualizada para organizar seu dia-a-dia. Este termo significa a listagem de tarefas e compromissos que você precisa cumprir.

Sandra Nagano é jornalista da área de economia
nagano@opovo.com.br

Fonte: O Povo Online


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: