Copa do mundo no Brasil, do papel ao papelão?

Por ivan Postigo

Esta coluna é publicada as Quartas Feiras.

Qual é o propósito da copa do mundo no Brasil?

Seria legal vencer mais uma vez, colocar mais uma taça na estante, mas esse é o propósito maior do anfitrião no torneio?

Nada como poder dizer a todo mundo:- Olha só quantas vezes já ganhamos a copa, e claro, deixar “los hermanos” com inveja!

Valorizar nossos jogadores poderia ser um objetivo tão importante, a ponto de investirmos nesse empreendimento?

Uma boa oportunidade, mas perai! Não vivem criticando que nossos craques deixam o país muito cedo e, afinal, a maioria dos jogadores da seleção já não está lá fora? Então, qual é a idéia?

Mostrar que temos o melhor futebol do mundo, que a magia está nos pés dos nossos craques desde sempre?

Poderia ser uma forma de valorizar esse patrimônio, uma vez que já tem muita gente duvidando que somos os melhores?

Como tudo na vida, as pessoas aprendem e nesse esporte já não tem mais nenhum bobo.

Nosso povo, dedicado, esperançoso, teria a oportunidade de realizar e participar de uma grande festa, o que não deixa de ser interessante, não é verdade?

Ah, gostamos de festas!Festa é conosco. Samba, pagode e cerveja. Esse poderia ser motivo suficiente para uma empreitada desse porte?

Cara, sei não! Não vejo liderança no “scratch canarinho”, e as exibições do “esquadrão brasileiro” sempre são criticadas.

To achando que vamos ficar com a ressaca e a conta para pagar.  É melhor pensar um pouco sobre esse projeto e encontrar razões mais interessantes. Será que realmente sabemos a importância de um evento dessa magnitude em nosso país?

Com ele vêm as oportunidades e os riscos. Caso não tenhamos nos dado conta das oportunidades, o foco será a minimização dos riscos. O que é uma questão bastante complexa.

Parece que no fim será tudo meio às pressas para estabelecer condições mínimas de realização, afinal a atenção estará voltada para o centro do estádio e para tão famosa taça!

Hum, falando em estádio, como estamos nesse quesito, afinal os nossos não são nenhuma maravilha?  Comprar ingresso será fácil? Bom, talvez na copa, com bilheterias espalhadas, vendas antecipadas e prevenção contra cambistas.

Agora me lembrei de um detalhe que não agrada muita gente: onde vamos estacionar nossos carros, afinal o transporte público não é sinônimo de eficiência? Haverá vaga para todo mundo?

E se bater aquela fome no estádio? Teremos serviços de qualidade, com higiene, ou será que o cachorro-quente “frio” será disputado no empurra-empurra?

Em um evento dessa magnitude, os estádios estarão lotados e repletos de famílias, com crianças. Banheiros limpos e organizados é questão fundamental, e tem gente pensando nisso. Você acredita, não é verdade?

Epa, e se o lanche ou a cerveja não caírem bem, estádio cheio, alguém pode passar mal? Nós teremos a excelência em atendimento em primeiros socorros? O atendimento estará no jeito, ligeiro, acessos fáceis e profissionais treinados?

Muita calma nessa hora, o carro está na frente dos bois, que tal voltarmos um pouco e começarmos pelo começo?

E os aeroportos? Como será conduzida essa questão, a lebre já foi levanta ou pousando está bom?

E os Hotéis? Temos muitos, mas será que as acomodações e os serviços estarão adequados para receber pessoas de todas as partes do mundo, ou vamos naquela do “jeitinho brasileiro”?

E o trânsito nas capitais? Só fechar algumas ruas, o povo já está acostumado com congestionamentos e com a alegria da copa nem vai reclamar muito? Um pouco de propaganda sobre o evento e ninguém notará os problemas de organização?

E a segurança? Aqui é como qualquer lugar no mundo? Não precisamos exagerar, reforçamos um pouquinho o policiamento e tudo bem, afinal é só uma festa e logo acaba?

Ah, mas para as indústrias será uma oportunidade de vender mais. Uniformes, bandeirinhas, faixas, salgadinhos, bebidas…

Durante o evento, e depois? Será que pelo fato da copa ser no Brasil venderemos muito mais?

A resposta poderá ser:- Sim, porque teremos um contingente maior aqui por conta do turismo. A questão é por quanto tempo e depois voltarão porque se encantaram com o país?

Com aeroportos preparados às pressas, com hotéis mais ou menos, com trânsito infernal e problemas de segurança será que não estamos matando a galinha dos ovos de ouro, antes mesmo de botar?

Isso poderá ser esquecido por alguns de nós depois que ganharmos a taça, mas não por aqueles que vieram por essa e muitas outras razões.

Bom, mas para que mesmo queremos a copa no Brasil?

Se o objetivo for muito além de só ganhar a taça é melhor tratarmos de responder essa pergunta e começarmos a tirar o projeto do papel, antes que este termine no papelão!

www.postigoconsultoria.com.br

Twitter: @ivanpostigo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: