Aprenda a ordenhar uma vaca

Por Kelly C. Gallinari

  Esta Coluna é publicada as Segundas Feiras

Balanced Scorecard. Avaliação de Clima. Feedback. Liderança. Plano de Carreira. Metas anuais. Check Point. Acompanhamento. Inteligência Emocional. Avaliação de Desempenho. 360º. Liderados. Pares. Superiores. Gerenciamento de crises. Projetos. Palestras. Cobranças. Reunião. Clientes. Avaliação de Satisfação. Indicadores. Quociente de Adversidade. Promoção rápida. Relacionamento Interpessoal. Delegação. Relatórios. Satisfação. Superação.

Cansei.

Oh vidinha cheia essa, não é?

Um bom colaborador é sinônimo de acúmulo de desafios. Tudo é MUITO nas empresas. Não basta ser um bom funcionário, é necessário ser o melhor. Não basta entregar um bom trabalho; ter que ser extrordinário. Não basta querer uma promoção sem reconhecimento e poder de decisão. Não basta inventar algo novo, tem que vender e dar lucro (muito).

Tudo isso, e um pouco mais, realmente é necessário. O primeiro passo é admitir que não é fácil. Assim, os desafios e o gasto de energia serão menores e sua qualidade de vida profissional será melhor.

Como refletimos no artigo “O novo de novo, sempre!”, desafios são importantes pois nos fazem pessoas melhores.  E é aí que entra o segundo passo: INVENTAR AINDA MAIS DESAFIOS, só que em contextos diferentes desta ‘neura’ profissional. Dê espaço para desafios simples e inusitados: permita-se ficar um dia sem comer chocolate, sorria para todos que cruzarem seu caminho por algumas horas, aprenda a tocar violão, a nadar, coma uma fruta que nunca experimentou antes, tome 2 litros/dia de água durante toda uma semana, não faça chapinha por um dia, vá ao zoológico com a família.

O simples não inviabiliza a satisfação de cumprir um desafio. Na verdade, você estará treinando seus músculos (competências) no cumprimento de metas, elaboração de estratégias, cumprimento de prazos e, principalmente, a comemorar inclusive as pequenas coisas. Quando os desafios mais complexos e cansativos aparecerem, você estará, definitivamente, preparado.

Por onde vai começar? Que tal aprenda a ordenhar uma vaca?

Viva o simples!

Abraços e até mais,

Kelly Cavalcanti Gallinari
Coach / Consultora Desenvolvimento Humano e Organizacional

http://www.ecoach.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: