Sua empresa está preparada para uma crise?

Mundo Corporativo

Sandra Nagano

Esta coluna é publicada as Quintas Feiras

“Melhor prevenir do que remediar”. Essa máxima popular nunca esteve tão em voga dentro dos planos estratégicos das empresas como nesta última década. Isso porque, nestes tempos de acirramento da concorrência, de incertezas no mercado financeiro e da constante evolução tecnológica e inovativa, as organizações empresariais estão cada vez mais suscetíveis às crises – sejam elas de natureza financeira, estratégica e até operacional.

Mas, neste contexto, terão mais chances de sobreviver às turbulências da selva corporativa – quase sempre repentinas – aquelas empresas munidas, além de planos de prevenção de crises, de conhecimento e recursos humanos para gerenciá-las. Ou melhor, as organizações não somente devem se prevenir para o pior, como também devem saber como “remediar” o problema o mais rápido possível.

O MULTI-TAREFAS

1 Neste cenário, os profissionais, principalmente aqueles que exercem cargos gerenciais, são pressionados a ter múltiplas habilidades para lidar com situações e eventos negativos repentinos, bem como reconhecê-los e administrá-los de forma rápida e eficaz. Esse é um dos motivos das empresas hoje necessitarem atrair e reter os chamados talentos multi-tarefas e, principalmente, com inteligências múltiplas. Afinal, ninguém pode prever o dia de amanhã.

PLANEJAR E AGIR

2 Uma crise dentro de uma empresa pode trazer grandes oportunidades e aprendizados para certas companhias, bem como o fracasso de outros tantos empreendimentos. Isso, em grande parte, depende muito de como a organização se preparou para enfrentar turbulências repentinas. Para isso, a companhia necessita realizar um planejamento estratégico para administração de crises. Mas nada vai adiantar em plena crise se os gestores não tiverem a habilidade de agir rapidamente sob a pressão.

UM ERRO

3 Engana-se aquele que pensa que gerenciamento de crise deve ser tratado em um grupo restrito dentro da empresa. É claro que esta frente especializada deve existir, mas é preciso ter o envolvimento de todos os colaboradores neste processo. Afinal, os recursos humanos são os ativos mais valiosos das organizações. Mas muitas companhias ainda cometem o erro em seus planejamentos de gerenciamento de crise ao investir forças e recursos financeiros apenas em infraestrutura, relações públicas e novos sistemas.

PARTICIPAÇÃO DE TODOS

4 Por isso, é preciso envolver e preparar as pessoas que compõem a totalidade do quadro de colaboradores da organização através de cursos e workshops. Se a crise já tiver irrompido, será importante impedir que uma espessa névoa de desconfiança e descrença se alastre e intoxique todo o ambiente interno, através da comunicação clara e transparente entre os entes corporativos. Caso contrário, dezenas de funcionários abandonarão seus postos e outras centenas permanecerão na empresa desmotivados. O que ocasionará queda de produtividade quando a empresa necessita de maior empenho na produção. Ou seja, uma crise com motivação externa mal-administrada pode acender uma outra dentro da própria organização. Erra quem tiver um olhar unilateral sobre as crises.

HORA DO CAFEZINHO

5 Você conhece bem a sua empresa? Pois é, há muitos funcionários que conhecem as atividades e pessoas de seu próprio setor. Se a organização não abre oportunidades para que o colaborador conheça cada uma das áreas da companhia, uma dica simples é aproveitar a hora do cafezinho para puxar um papo com os colaboradores de outros setores.

CORPORATIVÊS

Você sabe o que significa cultura organizacional? O termo já é bastante difundido entre os profissionais da área de recursos humanos e publicações especializadas. Trata-se dos hábitos de uma empresa embasados na missão, valores e política da organização.

Sandra Nagano

É jornalista da área de economia

Sandra Nagano
nagano@opovo.com.br

Fonte: O povo Online

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: