Falando da Semana que Passou

Resumo comentado das notícias da semana

Fonte: Blog da Miriam Leitão

Dólar dispara, bolsas caem – Foi mais uma semana tensa: para conter a alta do dólar, que já subiu 18,96% só este mês, o BC mudou a forma de atuar, vendendo a moeda americana no mercado futuro, o que não ocorria desde junho de 2009. Ainda assim, o dólar fechou em alta de 1,61% ontem.

A disparada do dólar preocupa porque tem impacto em outros preços, pressionando ainda mais a inflação. Altas e quedas bruscas são ruins e causam perturbações na economia.

Ninguém está completamente isolado, mas o Brasil está preparado. Em algumas áreas, acertou: tem bastante reserva, compulsório para liberar. No entanto, outras medidas, como a do IOF, agrava o problema. Parece que os gastos públicos estão bem, se compararmos com os de outros países, mas não estão.

As bolsas de valores mundiais também sofreram desvalorizações fortes esta semana; parece que não há como a Grécia escapar de um calote.

Segundo um jornal grego, o ministro das Finanças do país disse a parlamentares que a moratória seria negociada, e os bancos perderiam metade, ou desordenada, mas depois voltou atrás. A situação econômica internacional não está fácil.

Dilma discursa na ONU – A presidente foi a primeira mulher a fazer um discurso de abertura da Assembleia Geral da ONU, feito pelo Brasil desde 1947. Entre outras coisas, ela falou sobre a gravidade da crise, que pode provocar ruptura social e política sem precedentes. E que não deveria ser tratada apenas por um grupo pequeno de países.

Prévia da inflação acelera – O IPCA-15, prévia da inflação oficial, acelerou para 0,53% em setembro, quase dobrando em relação ao resultado do mês anterior (0,27%). O IBGE explicou essa alta pelo aumento dos preços das passagens aéreas e dos alimentos. No acumulado em 12 meses, a inflação já acumula alta de 7,33%, o maior resultado desde junho de 2005.

Com a alta do dólar, já tem banco revendo as previsões para a inflação deste ano; muitos preveem que o país fechará o ano com o IPCA acima do teto da meta (6,5%).

FMI reduz previsões de crescimento – O Fundo revisou para baixo as previsões de crescimento do mundo inteiro para 2011 e 2012. Prevê que o Brasil crescerá 3,8% em 2011, o que deixaria o país só atrás da Venezuela (2,8%), e 3,6% no ano que vem.

Desemprego permanece em 6% – O IBGE divulgou que a taxa de desocupação nas seis regiões metropolitanas pesquisadas permaneceu em 6% em agosto. O rendimento médio do trabalhador ficou em R$ 1.629,40, o que representa uma alta de 0,5% na comparação com julho.

Aviso prévio ampliado – Ampliar o aviso prévio, que pode chegar a 90 dias, não elevará os gastos dos empresários, que já são altos, mas a desigualdade no mercado de trabalho. Os trabalhadores com carteira assinada têm direito a aviso prévio, 13º, férias, FGTS, além de outras garantias; mas os do mercado informal – mais de 40% dos trabalhadores brasileiros – não. O Brasil tem de se esforçar para garantir a inclusão desses trabalhadores no mercado formal.

Bancos aprovados em teste de estresse – O BC divulgou esta semana o resultado do teste de estresse feito com bancos brasileiros, que foram aprovados.

Contas externas – O Brasil registrou em agosto déficit de US$ 4,862 bilhões em sua conta de transações correntes com o exterior, acima do previsto pelos analistas e do registrado em agosto de 2010 (US$ 2,975 bilhões), por conta de maiores gastos com serviços, como viagens. Mas como os investimentos estrangeiros diretos ficaram em US$ 5,606 bilhões, foi suficiente para cobrir o déficit.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: