As grandes lojas que não existem mais no comércio de Fortaleza I Parte

Por Pedro Paulo Galindo Morales

Praça do Ferreira 1945

Neste novo artigo sobre as historias que fizeram sucesso iremos contar um pouco sobre as lojas de sucesso que existiram no comércio de Fortaleza, mas marcaram a vida de muitas pessoas. A pesquisa para este artigo foi feita pela internet e também baseado em memórias do autor.

Na década de 40 o comércio de fortaleza ainda não oferecia aos clientes muitas lojas que tivessem uma grande variedade de roupas prontas e predominavam as lojas de comércio de tecidos, a maioria do comércio se localizava no centro da cidade nas imediações da Praça do Ferreira.

Uma das características da época era comum colocar nas lojas a denominação de “Casa” devido a influencia da palavra “Maison” da cultura francesa na cidade era muito forte nessa época, são desta época A Cearense, localizada na Rua Barão do Rio Branco onde recentemente funcionou uma filial da Casa Veneza, a Broadway que só trabalhava com tecidos finos localizada na esquina das ruas Guilherme Rocha com Major Facundo, a Rianil localizada na Rua Floriano Peixoto entre as travessas São Paulo e Pará que possuía as mais visitadas vitrines da cidade, a loja Ceará Chic, localizada na Rua Floriano Peixoto, que só trabalhava com tecidos finos, A Central que trabalhava com tecidos mais populares e na linha popular estavam as Casas Novas, três lojas localizadas nas ruas Major Facundo e Floriano Peixoto que inovou patrocinando programa de rádios e a Casa Plácido que  estava situada na Rua Major Facundo, ao lado do Excelsior Hotel onde tudo era importado. Hoje todas não existem mais, mas os pontos ainda abrigam lojas de sucesso.

Loja Aba Film (Praça do BNB)

Em 1934 nasce a ABA Film uma referencia em fotografia no estado do Ceará, todas as pessoas famosas queriam ser fotografada pelas câmaras da ABA Film ,possuía varias lojas na cidade além de um amplo laboratório de imagens na Av. Heráclito Graça próximo ao Banco Central, hoje o prédio esta demolido.  A rede de lojas chegou a contar com mais de 10 lojas, elas estavam localizadas no Centro, Aldeota, Montese e nos principais Shoppings da cidade de Fortaleza como Center Um, Iguatemi e North Shopping ela fechou nos anos 2000.

É dessa época também a Sapataria Belém inaugurada em Maio de 1939 funcionou na Rua Floriano Peixoto defronte ao prédio dos correios primeiro como uma loja simples sem vitrines e com os sapatos expostos pelo chão da  loja que funcionou até a década de 90 abrigando a mesma loja e ainda o prédio do escritório central daquela que se transformaria em uma das maiores sapatarias de fortaleza com varias lojas localizadas no centro de Fortaleza com lojas na Rua Liberato Barroso (hoje funciona a Couro Fino) , Praça do Ferreira (embaixo do Hotel Savanah, onde funcionou as Lojas Glorias e a Loja 4400 ), Center Um , North Shopping e Shopping Iguatemi.

Loja A Cearense

Entre as sapatarias tivemos as Casas Veneza que eram especialistas em sapatos e bolsas e famosas por fazerem promoções como “Compre um e leve outo igual” ou em oferecer um passeio de barco. As Casas Veneza possuíam três lojas, duas delas fechadas, a matriz na esquina da (Rua Major Facundo com Rua Liberato Barroso) , a loja da Barão do Rio Branco onde funcionou a elegante loja A Cearense ( as fotos estão ao lado) e uma loja na Praça José de Alencar.

Fachada da Casa Veneza

Entre os anos de 1940 e 1950 tivemos em as Casa Sloper localizada na Praça do Ferreira entre as esquinas da Rua Guilherme Rocha e o Cine São Luiz , uma loja tradicional do Rio de Janeiro, com filiais em capitais com Recife , Salvador e São Paulo seu estilo era aos moldes de uma loja de departamentos  que e especializou  vender  artigos finos. No  local também funcionou as Lojas Flama  que aproveitou as mesmas instalações e conservou a linha de produtos da Casa Sloper e foi uma loja de muito sucesso na época e todos comentavam as suas embalagens verdes com etiquetas douradas o seu slogam era Flama – Símbolo de distinção. Depois da Praça do Ferreira a Flama se transferiu para a Barão do Rio Branco no “Quarteirão do Sucesso” como era chamado depois de uma promoção criada por Tarcísio Tavares (o TT) um dos nomes mais importantes da publicidade cearense, fundou a primeira agência de publicidade e propaganda no Ceará, a Publicinorte , o quarteirão  da Rua Barão do Rio Branco, entre as travessas Guilherme Rocha e Liberato Barroso recebeu esse nome por possuir na época um grande numero de loja elegantes e também o Cine Diogo onde hoje funciona o Shopping Diogo

No final dos anos 40, inicio dos anos 50 os Romcy  iniciaram suas atividades comercias dos  com a firma Jacob Elias & Filho onde vendiam miudezas que depois passou a ter varias filiais com nomes fantasias diferentes como, as lojas A Capital, Magazine Sucesso, Casa Venus,  Romcy Perfumaria, Romcy Magazine, e por fim a Super Loja Romcy que se transformaria na maior loja de departamentos que o Ceará já teve. Na propaganda a empresa também inovou trazendo as propagandas com o Assis Santos anunciando as ofertas para o dia seguinte com o slogan “barato do dia Romcy” no intervalo do Jornal Nacional da Globo com anúncios de paginas inteiras nos jornais , ou com a promoção famosa, inédita e audaciosa “Romcy dá dinheiro vivo”, nos anos 70.

Loja Roncy Rua Barão do Rio Branco com Liberato Barroso

Os seus endereços estão devidamente ocupados quase 20 anos depois da sua falência o Romcy Planalto virou Bompreço Papicu, o Romcy Aldeota (Antonio Sales) virou Hipermercantil e hoje é ocupado pelo Carrefour, o Romcy Montese é o Hipermercado Extra, o Romcy Monte Castelo na Av. Sargento Hermínio onde funcionou a garagem do Expresso Guanabara, no centro de Fortaleza, suas lojas estão todas ocupadas, as duas na Rua Barão do Rio Branco (hoje uma agencia do Banco do Brasil e a outra na esquina com Rua Liberato Barroso com a área de supermercado localizada no subsolo) e a do Parque das Crianças onde hoje funciona no prédio que faz fundo também com a Praça Murilo Borges (Praça do BNB) um Super Lagoa e uma Rabelo , o Romcy Benfica, cuja obra não foi concluída pela empresa, hoje é o bem sucedido Shopping Benfica. O Roncy fechou na década de 90.

Bibliografia

Blog Fortaleza Nobre http://fortalezanobre.blogspot.com

Fortaleza Antiga http://fortalezaantiga.blogspot.com/

Fortaleza Fatos e Fotos http://fortalezaemfotos.blogspot.com

Pesquisa em Sites da Internet.

Leia também:

As grandes lojas que não existem mais no comércio de Fortaleza II Parte

As grandes lojas que não existem mais no comércio de Fortaleza- Última Parte

Anúncios

9 Responses to As grandes lojas que não existem mais no comércio de Fortaleza I Parte

  1. Leila Nobre disse:

    Artigo maravilhoso! Aguardo as outras partes! rs

    Abraços

    • editor do Site disse:

      Leila ,
      Obrigado por acessar o artigo. O seu blog é maravilhoso também! Penso que devemos sempre preservar o passado para entender o presente.

      Um abraço
      Pedro Paulo Morales

  2. Leila Nobre disse:

    Concordo plenamente, Pedro Paulo!

    Abraços

  3. […] As grandes lojas que não existem mais no comércio de Fortaleza I Parte Compartilhe:TwitterFacebookPrintLike this:LikeBe the first to like this post. […]

  4. Jonas Lima disse:

    Faltou Falar Na Mesbla e nas lojas Paraiso, que eu adorava, um passado glorioso em uma epoca cheia de boas recordações..

    • editor do Site disse:

      Jonas, o artigo é dividido em tres partes, você encontrará a Mesbla e Paraiso nas 2º e 3º partes do artigo.

      Um abraço,
      Pedro Paulo Morales

  5. […] também: As grandes lojas que não existem mais no comércio em Fortaleza Share this:TwitterFacebookGostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar […]

  6. Sebastião disse:

    Faltaram algumas lojas como Mesbla, Samasa, Casas Pernambucanas, Lobrás…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: