Estratégias de convivência

Por Madalena Matos

Vamos cair na real? Especialistas de RH e de Gestão de Pessoas, já falam, se você não sabe lidar com gente, procure aprender, primeiro a lidar com você mesmo e então após esse aprendizado você saberá lidar com o outro

Estratégias de convivência, o nome é bonito e parece até um pouco estranho, nada mais é do que relacionamentos, intrapessoal e interpessoal. Intrapessoal é a comunicação que uma pessoa tem consigo mesma – corresponde ao diálogo interior onde debatemos as nossas dúvidas, perplexidades, dilemas, orientações e escolhas. Interpessoal é um método de comunicação que promove a troca de informações entre duas ou mais pessoas.

Olha… Não existe coisa mais triste do que não saber conviver, concordas?Veja, Com + viver é: viver com, com alguém e na maioria das vezes viver com você mesmo.

Imagine a seguinte situação: Você se produz toda, gasta umas merrequinhas, segundo a Angélica (Vídeo Show), só que quando entra num ambiente social, se depara com um garçom muito educado, do tipo, puxa uma cadeira para você e uma outra para colocar a sua bolsa e grosseiramente você não dá atenção e continua agarrada a sua bolsa.

Você está em um ambiente profissional, quando uma elegante e profissional recepcionista lhe dá um bom dia, oferece um cafezinho, ou chá….blá, blá e você diz o seguinte: Olha minha filha que babação é essa eu não sou a mulher do Presidente não, viu!

Ou ainda, você tem um encontro marcado, tipo romântico, você chega o rapaz abre a porta do carro, puxa a cadeira lhe serve e beija a sua mão … Você comenta com algumas amigas, não te conto, o fulano tem uma mania de velho e chega até ser um bocado careta …risos.

Vamos cair na real? Especialistas de RH e de Gestão de Pessoas, já falam, se você não sabe lidar com gente, procure aprender, primeiro a lidar com você mesmo e então após esse aprendizado você saberá lidar com o outro.

Estratégias de convivência – O que nós precisamos é compreender as diferenças de cada um para que essa convivência não venha a nos desgastar e nos prejudicar no meio pessoal e profissional. Entender como cada pessoa pensa e age é o compromisso fundamental.

REGRA DE OURO: Faça ao outro o que você gostaria que fizesse por você.

Nossa convivência diária com parceiros de trabalho é muito comum, que nos sentimos muito à vontade e em alguns casos até esquecemos de que estamos em ambiente que teoricamente requer certa formalidade, profissionalismo. O resultado é que alguns profissionais levam o “costume de casa” para a empresa e isso pode prejudicar a imagem do colaborador junto ao gestor e aos próprios pares.

“Não chegamos a conhecer as pessoas quando elas vêm à nossa casa; devemos ir à casa delas, para descobrir como são” Goethe

REGRA DE OURO 2: Bom senso. Em caso de dúvidas, faça igual nas estradas, não ultrapasse.

Além de aprender a conviver com nosso lado pessoal e profissional, é isso mesmo, temos que saber administrar, pois não podemos dividir o ser humano e sim gerir.

Tenho que administrar meu lado pessoal, profissional, cuidar do intrapessoal e saber lidar com o interpessoal. Pensa que é só isso, engano! E a Netiqueta? É isso mesmo, é uma Etiqueta que se recomenda observar na internet. Existem até regras básicas de convivência. Isso vai ficar para outro momento.

Madalena Matos é palestrante motivacional e especialista em comportamento humano.

Fonte: Administradores.com

Confira a agenda de Madalena Matos em Fortaleza/CE

Informações:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: