Você é indeciso?! 4 passos para deixar de sê-lo

Por Flávio Emílio

Esta coluna é publicada as Sextas Feiras e aos Domingos

A dificuldade para tomar decisões vem sendo uma incômoda pedra no sapato de muita gente. Presente em situações banais do dia a dia como a escolha do que vestir, comer ou ver na TV, a indecisão pode assumir contornos mais graves quando chega à esfera profissional. “Travar” em momentos decisivos atrapalhará fortemente a carreira de qualquer um, grudando em você incômodos rótulos nos quais se lê: inseguro, fraco, medroso.

Costumo dizer que só conseguiremos desenvolver a habilidade de tomar decisões através da prática. Por mais que os livros abordem a “teoria do processo decisório” de forma científica e sistematizada, eles pouco contribuirão se não houver repetição, experimentação e treino árduo. Uma das melhores formas de começar a decidir melhor é neutralizar os fatores que atrapalham o decisor. Vamos mapear cada um deles?

  1. Inexistência de objetivos claros – O grande começo de uma boa decisão é saber onde quer chegar.
  2. Pouca ou nenhuma informação – Pesquise, investigue, colete o máximo de informações que puder. Para isso, use seu telefone, a internet, amigos, colegas, livros etc. Procure se cercar de uma base sólida de evidências, depoimentos e fundamentações.
  3. Falta de foco – Concentre-se na decisão. Tentar fazer várias coisas ao mesmo tempo, enquanto decide lhe dispersará de tal forma que você se sentirá desnorteado e nervoso. Portanto, alinhe sua mente ao objetivo da decisão.
  4. Capacidade analítica deficiente – A essência de toda e qualquer decisão é a escolha. Para chegar a esse resultado, será preciso avaliar cada alternativa, pesar prós e contras e medir os riscos, para não cair no erro de deixar o impulso ou a emoção decidirem por você. Em geral, uma boa análise nos leva a separar primeiro o que não queremos, para reduzir a quantidade de opções e assim “bater o martelo” com mais lucidez.

Não desanime por ter tomado decisões erradas. Todos nós temos várias histórias para contar sobre escolhas mal feitas. O importante é aproveitar seu tempo e energia para olhar para frente, aprendendo com os erros do passado, usando a experiência e a técnica a seu favor.

Flávio Emílio Monteiro Cavalcanti é administrador e Mestre em Gestão de Recursos Humanos .

http://dropsdecarreira.com.br/blog/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: