Você sabe esperar?

Por Kelly Gallinari

Esta Coluna é publicada as Segundas Feiras

Velocidade é a palavra de ordem. Quanto mais rápido conquistar uma promoção, aprender a falar inglês, ter a comida na mesa, ter alguém para passar sua roupa, fast food, ser presidente da empresa aos 23 anos, quanto mais rápido tudo for, melhor. Afinal de contas,  ninguém quer perder tempo.

Velocidade passou a ser, inclusive, vantagem competitiva no mundo corporativo. Quanto mais veloz o produto for entregue, melhor. Quanto antes entregar suas tarefas, pontos positivos para você. Hoje, o Tempo, ou melhor, o menor Tempo já á capaz de determinar sua efetividade profissional e pessoal.

Concordo. Administrar suas atividades de forma a juntar velocidade + eficiência é saudável e necessário. Poucos conseguem, por isso, conquistar esta proeza é motivo de comemoração. No entanto, temos que admitir que nem não é possível controlar tudo que acontece em nossas vidas. As atividades gerenciáveis podem, e devem, passar por este crivo da administração do tempo mas o que fazemos com o que não conseguimos controlar? O que devemos fazer com situações onde o controle está na mão de terceiros? O que fazer quando é, realmente, necessário aguardar?

Pois é, meu povo, quando é necessário ‘esperar’, falta paciência, a ansiedade fala mais alto e muitos adoecem. Isto porque a principal consequência deste hábito quase que insano de fazer tudo rápido e de jeito próprio é que ‘esperar’ tornou-se sinônimo de algo ruim, ultrapassado e, quiçá, penoso. Quando é necessário esperar, todos sofrem.

Um exemplo clássico é a Geração Y, tão comentada e estudada. Este pessoal é uma caracterização nata do que estamos falando. E o engraçado, e preocupante, é que toda vez que eu vejo/leio algo sobre esta turma, sempre há dicas de como a empresa e/ou o líder devem se moldar a esta geração e, raríssimas vezes, vi gente investindo tempo em ensinar para este pessoal que ‘esperar’ também é uma competência valiosa.

Já acompanhei profissionais de RH’s enlouquecidos criando estratégias de retenção para a Geração Y, focando, principalmente, nesta necessidade de tudo acontecer rapidamente na vida deles. Tentativas irreais e, muitas vezes, danosas. Alimentar este hábito é o mesmo que afirmar que eles têm o controle de tudo nas mãos e que tudo deve acontecer
no tempo deles, do jeito deles. Isto é mal-educar.

Não sou contra planos de retenção para a Geração Y. Temos que pensar, sempre, em como reter talentos, já que estes são raros. A questão que levanto, aqui, é se estamos, ou não, alimentando maus hábitos. Entender esta turma é uma coisa, aceitar seus comportamentos ruins é outra. Reeducá-los talvez fosse uma boa proposta.

A paciência, minha gente, apesar de pouco ensinada e praticada, atualmente, é e sempre será uma virtude valiosíssima. Digo o porquê: não temos o controle de tudo que acontece em nossas vidas e o mundo não gira em torno do nosso umbigo. Esperar sempre será necessário. Uma hora ou outra. E admitir isso é como tirar um piano de cima das costas. É o primeiro passo para que comece a exercer um ‘esperar’ em paz. Um esperar otimista. Um esperar investindo todo o seu tempo em ações e atitudes que colidam com seus anseios, mesmo que a decisão esteja na mão de outra pessoa.

Vai ter que esperar a data da entrega do exame para saber o resultado, vai ter que esperar os dias necessários para saber se passou na entrevista de emprego, vai ter que esperar nove meses para conhecer o rostinho do seu filho, vai ter que esperar a sua vez para falar na reunião, vai ter que esperar na fila da padaria, vai ter que esperar o prazo de 100 dias para retirar seu carro, já que optou pelo importado. Vai ter que esperar performar para, depois, ser reconhecido.

Agora a decisão é sua, caro leitor. Ou espera sofrendo, angustiado, ou espera em paz, agindo de forma positiva para que quando o esperado acontecer, você esteja completo na entrega deste acontecimento.

Paciência, minha gente. Vamos exercitar.

Abraços e até mais,

Kelly Gallinari é coach (profissional que aplica o coaching) formada pela ICI (Integrated Coaching Institute).

www.ecoach.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: