Ambição sim, ganância não. Melhor subir um degrau de cada vez!

Por Flávio Emílio

Esta coluna é publicada as Sextas Feiras e aos Domingos.

Conheço gente que sobe uma escada de dois em dois degraus. Outros, desesperados para chegar logo ao seu destino, tentam de três em três! Naturalmente, vão chegar lá em cima. Porém,  extenuados… Se encontrarem alguém pelo caminho, serão capazes de dar um empurrão para poderem prosseguir. Há também aqueles que olham para os lados e, percebendo, que ninguém está os vendo, buscam um atalho “não autorizado” no primeiro elevador, para chegar rapidamente e com pouco esforço ao topo.

Considero essa pequena metáfora uma lição para nossas carreiras profissionais.

Todos nós acalentamos sonhos. Uma pesquisa recente identificou o povo brasileiro como o mais otimista do mundo em relação ao futuro. Essa capacidade de tolerar as frustrações do presente, acreditando que as recompensas virão logo adiante, serve de antídoto contra o desânimo e a desmotivação.

Se bem direcionada, essa vontade de evoluir será o “combustível” de uma carreira em ascensão. Podemos chamar de ambicioso o profissional que tem planos corajosos e ousados para si. Gente que se esforça, aprende, corre, pensa, cria, executa e é extremamente focada em seus objetivos. Entretanto, em todo e qualquer projeto, procura preservar, incondicionalmente, os princípios da ética e do respeito ao ser humano.

Outros, porém, têm uma fixação doentia por crescer a qualquer custo. Trata-se da degeneração da ambição. O desejo feliz de levantar da cama e ser melhor que o dia anterior, dá lugar à cobiça… Conviver com  colegas que escolhem esse modo de vida é bem difícil e perigoso. A ganância tenta legitimar atitudes reprováveis como falsidade, individualismo, deslealdade, exibicionismo e o materialismo. Com o tempo, o indivíduo ganancioso tende a ficar isolado na “torre do castelo”, celebrando sozinho sua “vitória” ou remoendo seus fracassos.

Esqueça a ganância! Precisamos ter motivação para as conquistas, mas também paciência e inteligência para obtê-las.

Por isso, suba um degrau de cada vez. Crescendo de maneira sustentável, você chegará ao topo mais fortalecido e inteiro do que quando inciou a jornada, aproveitará a vista lá de cima e não correrá o risco de levar nenhum tipo de tombo…

Flávio Emílio Monteiro Cavalcanti é administrador e Mestre em Gestão de Recursos Humanos .

http://dropsdecarreira.com.br/blog/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: