Sucesso é consequência, não objetivo

Por Leonardo Siqueira Borges.

É natural do ser humano ser imediatista e querer as coisas na hora, muitas vezes não pensando em traçar metas de longo prazo para alcançar seus objetivos pessoais e profissionais. Esse é o assunto do artigo de hoje.

Acredito que todos nós, ou pelo menos quase todos, já pensamos como queremos estar no futuro, seja com um cargo de Gestão, funcionários trabalhando pra nós, sendo o dono do nosso próprio negócio, ou até mesmo ser tecnicamente o melhor naquilo que se faz. A questão muitas vezes é que não traçamos uma estratégia para alcançar esses objetivos e queremos de uma hora para outra que as coisas mudem, sem muitas vezes nem ao menos pensar estrategicamente. Precisamos pensar em plantar hoje a semente para colher no futuro os frutos, mas não adianta plantar e aguardar os frutos, se você não cuidar disso frequentemente, para ver se está evoluindo de acordo com o planejado, ou se precisa reformular suas estratégias por algum problema que surgiu durante o caminho. Abaixo algumas dicas para busca desse diferencial:

– Planejar no longo prazo

Nada de pensar em entrar na empresa como estagiário e querer ser presidente amanhã, difícil falar isso para a galera da geração “Y”, mas é a pura realidade, precisa construir uma carreira dentro da empresa, saber até onde pretende chegar, e traçar um plano para isso acontecer, ou seja, capacitação, fazer o seu trabalho da melhor maneira possível, e constantemente revisar o seu plano para ver o atendimento ou não das suas metas. Planejar é pensar em um crescimento duradouro, o crescimento exige maturidade e tudo tem um ciclo certo, não atropele o tempo.

– Ter resultados excelentes

Não se contente em ser apenas mais um, busque o diferencial, faça os seus resultados irem além das expectativas, seja surpreendente, inove, melhore, faça isso para que você mesmo sinta orgulho do trabalho que fez e não para os outros, o objetivo é sempre melhorar, a conseqüência é o resultado, as pessoas irão ver isso ao natural, aproveite as oportunidades que aparecem. Superar o comodismo e propor alterações ao padrão tradicional é um pré-requisito para alcançar as metas de crescimento profissional. O único lugar no mundo que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

– Recuse rótulos

Esqueça aquelas frases, “faço isso há trinta anos e sempre deu certo desse jeito”, “pra que melhorar, se assim ta bom”. Se todo mundo seguir a “cartilha” seremos profissionais rotulados, tipo robô, devemos estar constantemente fora da zona de conforto, fora do quadrado, nos desafiando, buscando algo diferente, melhorando processos, caso contrário faremos exatamente o que todos fazem.

– Sacrifícios serão necessários

Nada se consegue sem sacrifícios, muitas vezes terá que recusar jantar com amigos, chopp no final do dia, morar longe da família, estar mais ausente em casa, trabalhar/estudar muito mais que o normal. É importante que você encontre o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal para não tomar decisões que se arrependa depois. Outra coisa é resistir à tentação de dizer “não” as oportunidades que estão alinhadas aos seus planos pessoais. Além disso tudo tem um limite, não trabalhe ao ponto de prejudicar sua saúde, pois tem coisas que você não conseguirá recuperar no futuro.

– Fazer aquilo que gosta

Encontre um lugar para trabalhar que você goste, nada vai pagar estar em um lugar o dia inteiro em que você detesta, é preciso encontrar um lugar onde te proporcione ter satisfação no que se faz, só assim as coisas irão fluir ao natural e você vai ser feliz.

– Trilhe o seu caminho

Você deve definir qual caminho a seguir, use seu planejamento, crie suas estratégias, você é responsável pelo seu futuro, construa uma base solida, reforçada, para que consiga te sustentar e dar oportunidades para dar mais passos em sua caminhada profissional.

O que descrevi acima não é uma regra, e sim sugestões que foram levantadas presidentes de empresas que conseguiram alcançar suas metas antes de chegar aos 40 anos. Aproveite o que achar conveniente, velocidade das ações depende de você, da sua força de vontade, o resto é “consequência”, não esqueça, quem planta… colhe…

A definição de sucesso é particular para cada um, alguns medem pelo dinheiro, outros pelo reconhecimento, mas busque mesmo o sucesso medido pela sua “felicidade”.

Eu gosto da definição de Whit Hoss “Sucesso é acordar de manhã – não importa quem você seja, onde você esteja, se é velho ou se é jovem – e sair da cama porque existem coisas importantes que você adora fazer, nas quais você acredita, e em que você é bom. Algo que é maior que você, que você quase não agüenta esperar para fazer hoje”.

Leonardo Siqueira Borges é formado em Administração de Empresas, trabalha na Empresa Fras-le S.A, de Caxias do Sul como Coordenador de Sistemas da Qualidade, instrutor e palestrante de treinamentos relacionados à qualidade.

Fonte: Aministradores.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: