2 Erros Imperdoáveis do Contas a Pagar

Por Jocaffi Breda

Todas as empresas visam o lucro e para tal, emergem seus esforços na busca pelos melhores resultados, reduzem seus custos, contratam profissionais qualificados, otimizam processos e criam diversas parcerias que agreguem valor ao seu negócio.

Até aqui tudo bem, porém, quando chega a hora de receber o que lhe é devido, muitas vezes a coisa muda de figura, e todo esforço em atender o cliente com excelência se transforma em uma batalha jurídica, onde títulos são protestados e passam meses até serem regularizados, isto quando você consegue receber.

A partir desta breve contextualização é que vos apresento dois erros comuns, más imperdoáveis, e que podem ser mudados para a melhor relação contas a pagar e contas a receber, sendo eles:

O não cumprimento de obrigações: apesar de ser um erro comum, o mesmo deve ser revisto, pois tanto, o fornecedor como o cliente devem entender que são parceiros de negócios, e que ambos perdem quando não cumprem com suas obrigações. Por exemplo, o fornecedor que promete entregar um determinado material em data prevista, tem por obrigação cumprir o prazo. Desta mesma forma, o cliente deve efetuar o pagamento de suas dividas ao fornecedor na data correspondente, assim, ambos saem ganhando.

Falta de Informação: Contas a pagar e a receber trabalham com prazos sendo assim, quando algum prazo se inspira devem saber lidar com seu cliente ou fornecedor. Como assim? Realizando ações básicas, informando quais as mudanças de ordem de pagamentos ou recebimentos que devem ser modificadas. Muitas vezes o fornecedor só quer uma data correta para poder organizar o seu fluxo de caixa. È ridículo, por exemplo, não atender ligações, não responder emails, ou seja, esconder-se achando que fugir é a melhor opção. Parceiras também são criadas nas dificuldades, se você comprou e não consegue pagar, seja qual for o motivo, “converse”, abra o jogo com seu fornecedor, explique o porquê, tente achar um consenso. Agora não dar informações é garantir a perda da credibilidade e quem sabe o fim de uma parceria.

Por fim, são pequenas ações que podem e devem ser modificadas por ambas as partes, pois o mundo muda, as coisas mudam, e somente prevalece a sua imagem frente ao mercado.

Como dizem, quando você faz a coisa certa poucos te elogiam, agora quando errares e não cumprires com as suas obrigações, todos ficam sabendo. Sendo assim, estreite a sua relação cliente X fornecedor e crie parcerias fortes.

Sucesso a todos!

Admdoavesso.blogspot.com

Fonte: Administradores.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: