Conheça os 6 vilões que “roubam” seu tempo…

Por Flávio Emílio

Esta coluna é publicada as Sextas Feiras e aos Domingos

Você já parou para pensar quantas vezes já ouviu ou falou a expressão “Desculpe-me… Não tive tempo”? Graças ao avanço da tecnologia da informação, vivemos hoje a época do “tempo real”, na qual tarefas e procedimentos podem ser realizados de modo instantâneo, com um mínimo de esforço e desgaste. Mesmo assim, as pessoas costumam reclamar da falta de tempo para realizar atividades profissionais, domésticas, familiares, sociais e várias outras presentes em diferentes dimensões da vida. O que fazer diante de tal questão? Resignar-se e continuar lamentando que o dia tem (apenas) 24 horas, ou tomar uma atitude para aproveitar melhor o tempo que dispomos para atender variadas demandas cotidianas?

O primeiro passo para usar o tempo de maneira eficiente é valoriza-lo. É saber que aqueles minutos diários utilizados de forma inadequada no trabalho podem representar muito quando um prazo não é cumprido ou quando se perde uma oportunidade por falta de agilidade e presteza. Em assuntos de trabalho não deve haver espaço para “gastar tempo”. Há pessoas que costumam usar esta expressão quando dizem: “gastei muito tempo neste projeto”. Se você pretende agregar valor para o cliente, para a empresa, para a equipe e para você mesmo, é hora de mudar a mentalidade: invista tempo ao invés de simplesmente gasta-lo. Quando raciocinamos em termos de tempo investido, nos tornamos mais seletivos quanto ao seu uso. Todo investimento gera expectativas de retorno. O problema é que nem sempre conseguimos experimenta-lo. Que tal, então, conhecermos os principais vilões que nos fazem utilizar mal nosso tempo?

Excesso de Interrupções: Quando você pára o que está fazendo para atender um telefonema ou conversar informalmente com alguém, o ritmo de trabalho pode estar sendo quebrado perigosamente. Veja bem, não sou contra períodos de descanso e descontração. O problema é quando eles ocupam mais tempo do que deveriam e começam a fazer você se sentir culpado de não estar avançando como deveria rumo ao término da tarefa.

Ineficiência em Reuniões: As reuniões mal planejadas e mal conduzidas são grandes desperdiçadoras de tempo. Atrasos para começar e terminar, além da falta de objetividade são grandes causas de vermos reuniões improdutivas em nossas empresas.

Necessidade de “Apagar Incêndios”: Ocorre quando temos dificuldades de concluir uma tarefa já iniciada para assumir outras, não previstas, tidas como mais urgentes. Isto gera um grande desgaste, pois atividades importantes passam a se subordinar às urgentes.

Falta de Prioridades: Há pessoas que dizem que “há tanta coisa para fazer, que não sei por onde começar!” Estabeleça prioridades e você saberá exatamente por onde começar. Talvez passar de 30 a 40 minutos todas as manhãs lendo (e repassando) e-mails sem importância não seja um bom começo.

“Carreira Solo”: É o caso daqueles que têm dificuldades em delegar tarefas. Uns acreditam que ninguém fará o serviço tão bem quanto eles, outros receiam perder poder. Pura ilusão. Delegar é, antes de tudo, uma prática inteligente e sensata, que permitirá aproveitar o tempo distribuindo tarefas de forma equilibrada.

Procrastinação: É a tendência de adiar tarefas complexas, cansativas ou desagradáveis. Para ficar em paz com suas consciências, há pessoas que já têm justificativas prontas para si próprias, procurando motivos absurdos para não realizarem o serviço naquele momento. Geralmente, o resultado da procrastinação aponta para tarefas executadas com baixo nível de qualidade, em virtude de terem sido iniciadas em cima da hora de concluir o prazo.

Flávio Emílio Monteiro Cavalcanti é administrador e Mestre em Gestão de Recursos Humanos .

http://dropsdecarreira.com.br/blog/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: