Censo 2010 e Cotas raciais

Resumo comentado das notícias da semana que passou.

Fonte: Blog da Miriam Leitão

Cotas raciais – Por unanimidade, o Supremo decidiu que, sim, as cotas raciais são constitucionais. Os ministros admitiram que o racismo existe, infelizmente, e que a melhor forma de enfrentá-lo é construir canais de acesso para os excluídos. Essa discussão mobilizou o país nos últimos anos. Eu sempre defendi as cotas.

Censo 2010 – O IBGE divulgou hoje mais dados sobre o Censo de 2010. O brasileiro demora muito para chegar ao trabalho – na região metropolitana do Rio, por exemplo, 28,6% gastam mais de 60 minutos. O país perde produtividade e o trabalhador, qualidade de vida. Há notícias positivas: o número de trabalhadores com carteira assinada aumentou; a distância entre o salário de homens e mulheres, diminuiu, apesar de ainda ser grande.

Ata do Copom – O BC pode continuar reduzindo os juros, mas mais lentamente. A mensagem foi passada na ata do Copom divulgada esta semana. A instituição disse que “qualquer movimento de flexibilização monetária adicional”, ou seja, corte na taxa de juros, deve ser conduzido com parcimônia. O mercado está dividido, não sabe se isso significa corte de 0,25 ponto, 0,50 ou manutenção da taxa.

Mais países em recessão na Europa e queda de governos – Espanha e Reino Unido estão, tecnicamente, em recessão. A economia da Espanha, que hoje também divulgou que o desemprego subiu para 24,44%, caiu 0,4% no primeiro trimestre, depois de ter recuado 0,3% nos últimos três meses de 2011. A do Reino Unido caiu 0,2% e 0,3%, respectivamente. Isso mostra que não estar na zona do euro não significa que está protegido.

Mais dois governos caíram esta semana: o da Holanda e o da Romênia. Eles não conseguiram apoio para as medidas de corte de gastos.

PIB dos EUA – Foi divulgado hoje que o PIB dos EUA aumentou, em taxa anualizada, 2,2% no primeiro trimestre, depois de ter avançado 3% nos últimos três meses de 2011. Esse crescimento de 2,2% veio abaixo do esperado pelo mercado.

Inflação acelera – O IPCA-15 de abril, divulgado esta semana, subiu 0,43% em abril, acelerando em relação ao registrado em março (0,25%), mas no acumulado em 12 meses, a tendência continua sendo de queda – passou de 5,61% para 5,25%, ainda acima do centro da meta (4,5%).

O IGP-M subiu 0,85%, bem acima dos 0,43% de março e dos 0,45% de abril do ano passado, o que fez com que o acumulado em 12 meses apresentasse a primeira aceleração desde janeiro de 2011, passando de 3,23% para 3,65%.

Eleições na França – François Hollande ficou em primeiro lugar no primeiro turno e Sarkozy, em segundo.

Argentina – O Senado aprovou esta semana o projeto de expropriação da YPF.

Dados fiscais – O superávit primário do setor público foi de R$ 10,4 bilhões em março, o que representa uma queda de 23% na comparação com o mesmo mês do ano passado. No primeiro trimestre, a economia para o pagamento dos juros da dívida foi de R$ 46 bilhões, 17% a mais do que nos primeiros três meses de 2011. A arrecadação cresceu em termos nominais e reais, apesar de a economia estar mais fria. A carga tributária é muito alta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: