Não torça pelo jacaré

PedroPedro Paulo Galindo Morales

O artigo é baseado no programa Motivação e Sucesso, do Professor Marins, exibido pela Rede Vida de Televisão e fala sobre a incrível mania que algumas pessoas têm de torcer contra as situações.

Leitores. Um índio, alto e forte, morava em uma aldeia da Amazônia e era considerado um pouco diferente dos demais. Ele despertava inveja na sua tribo, porque caçava muito bem e sempre estava disposto a ajudar as pessoas.

Em uma de suas caçadas, o índio percebeu que um jacaré ameaçava um grupo de crianças na beira de um rio. O índio logo pulou na água e começou uma grande briga com o jacaré.  Neste momento, vários índios se juntaram às margens do rio e alguns deles começaram a torcer pelo jacaré, pois estavam com inveja.

Muitas pessoas têm o costume, tanto nas empresas como na vida, de torcer pelo “jacaré”. Querem sempre ver o “circo pegar fogo”; sentem prazer em ver o desfecho sendo o pior possível; fazem torcidas para que as vendas caiam, para que produtos saiam da fábrica com defeito ou para que a concorrência lance produtos similares ao original. E isso se justifica pela inveja ou pelo ódio de algum chefe/diretor.

Pessoas que torcem contra estão mais presentes em nossa vida do que nós pensamos. São aquelas que dizem que tal ação não vai dar resultado, isso já foi tentado e falhou ou simplesmente dizem que você é louco!

Essas torcem pelo jacaré e não pelo índio, querem que ninguém tente fazer algo diferente para continuarem na sua zona de conforto, fazendo sempre a mesma coisa durante vários anos. A mudança para essas pessoas significa apenas simplificação de trabalho, nunca a criação de desafios ou inovação de processos.

O grande problema da torcida do Jacaré é que ela não se dá conta que está na beirada do rio. Quando o Jacaré devorar o Índio (a empresa) ele pode se voltar contra seus torcedores. Não custa nada recordar da música da Cuca, personagem criada por Monteiro Lobato: “Cuidado Com a Cuca, que a Cuca te pega. Te pega daqui, te pega de lá”. Vamos refletir sobre isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s