Solidão? que nada! Conheça 5 benefícios de trabalhar sozinho!

Por Flávio Emílio

Esta coluna é publicada as Sextas Feiras e aos Domingos

Vivemos num mundo que exalta o trabalho em equipe, o esforço coletivo, a sinergia, a habilidade interpessoal e a solidariedade. Entretanto, se fizermos uma rápida reflexão, perceberemos que nem sempre estaremos dividindo espaço com outras pessoas numa mesma atividade ou projeto.

Há vários momentos em que trabalhamos sozinhos – no escritório, na rua ou mesmo em casa. Longe de ser um problema, produzir de forma solitária traz vários benefícios:

  • Autonomia para criar o seu ambiente – Quem gostar de trabalhar ao som de música ficará livre para escolher a trilha sonora, assim como aqueles que preferem o silêncio também o terão. Temperatura, luminosidade e outros detalhes estarão totalmente sob o controle de quem trabalha de forma individualizada;
  • Adeus competição e conflitos – A tendência natural é que não haja stress decorrente de ter que conviver com as diferenças individuais, pois ninguém vai querer medir forças ou lhe desafiar
  • Foco – Você estará menos propenso a desviar a atenção das prioridades, pois não haverá outras pessoas com quem conversar;
  • Ritmo – Você também ditará o andamento do trabalho. Dependendo do prazo que tenha sido estabelecido, haverá a liberdade de desacelerar ou intensificar a velocidade de execução;
  • Reflexão – Trabalhar solitariamente abrirá um precioso espaço para pensar… Isso mesmo! Analisar, refletir, comparar, e criar baseado em suas percepções. Grandes ideias podem surgir em momentos nos quais somos os únicos ocupantes da sala…

Ficar só não é, necessariamente, um problema. Pode ser uma grande alternativa de produtividade para atividades que requeiram atenção concentrada e esforço de um único cérebro para agir com grande dose de independência.

Convém destacarmos que não se trata de uma apologia ao isolamento do convívio com outras pessoas. A necessidade de socialização pode ser bem suprida em intervalos periódicos e em momentos que antecedem ou sucedem o trabalho. Sabendo se organizar bem para trabalhar em EUquipe, haverá tempo suficiente para suprir todas as necessidades – técnicas e interpessoais.

Flávio Emílio Monteiro Cavalcanti é administrador e Mestre em Gestão de Recursos Humanos .

http://dropsdecarreira.com.br/blog/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: