Ter ou ser, eis a questão!

Por Antonio Braga

Esta coluna é publicada as Quintas Feiras.

Segundo muitos profissionais dos diversos segmentos de mercado, as causas mais comuns da falta de motivação são: salários baixos, falta de reconhecimento, estagnação na carreira, não gostar do que faz etc. Mas quando se pergunta por que não tentar mudar para eliminar ou minimizar esses problemas, têm-se como resposta imediata as dificuldades da vida, forçando as pessoas a conviverem com tais problemas na esperança de um dia as coisas melhorarem.

Será que as coisas melhoram por si só ou as pessoas têm de fazer com que elas melhorem? Vai acontecer algo diferente na vida se ficar apenas desejando e esperando? Muitas pessoas dizem constantemente que pensam positivamente, por isso acreditam que seus sonhos serão realizados. Pensamento positivo sem ação no sentido de realização leva alguém a algum lugar? Com certeza não.

Por outro lado, quando se pergunta o que muita gente gostaria de ter para levar a vida que deseja, há unanimidade nas respostas: um bom emprego, bom salário, bens materiais, fazer o que gosta etc. E o que está fazendo para ser merecedor de tudo isso? Aí a coisa complica, porque muitos passam a vida apenas sonhando. Talvez quando resolverem fazer algo para conseguir o que desejam já esteja tarde.

Nem sempre as pessoas fazem o que gostam e gastam muita energia reclamando, quando deveriam empregar essa energia buscando encontrar algo de que goste. Isso é prejudicial, pois afeta a autoestima e a motivação. Por outro lado, para fazer o que gosta é necessário sair da zona de conforto, enfrentar e superar dificuldades, mas os resultados são compensadores.

Zig Ziglar disse: “Você tem de SER antes de poder FAZER e antes de poder TER”.

É a pura verdade, porque “ter” sem “ser” é ilusão. Pode até acontecer, mas essa situação é passageira. Será que é possível manter-se num bom cargo, com um bom salário, em uma boa empresa por muito tempo sem ser competente?

Para uma pessoa conseguir o que deseja e levar uma vida diferente, é preciso equilibrar o SER, o FAZER e o TER, adotando atitudes capazes de fazer com realmente seja merecedora. Vejamos algumas dessas atitudes:

>> Não espere por dias melhores, aja no sentido de que seus dias sejam melhores.

>> Estabeleça objetivos, definindo aonde quer chegar, mas com a consciência de que muitos obstáculos atravessarão o seu caminho e deverão ser superados.

>> Saia da zona de conforto, que aparentemente é segura e agradável, mas é perigosa. Busque constantemente a zona de aprendizado, que faz a diferença no desenvolvimento profissional.

>> Acredite sempre em você e aja como um vencedor, comportamentos que atraem coisas positivas e contribuem para o sucesso.

>> Administre os seus problemas para minimizá-los e não tente solucioná-los através do mau humor, descarregando frustrações e raivas nas outras pessoas. Isso só piora a situação.

>> Aprenda a gostar de gente e aceitar as pessoas como elas são, pois isso favorece os relacionamentos e a convivência social.

>> Não seja apenas mais um membro da sua equipe de trabalho, mas sim um colaborador proativo, agindo para que todo o grupo tenha sucesso, que o seu ocorrerá como consequência.

>> Seja produtivo e eficiente, agindo com a mente antes do esforço físico desnecessário, diferenciando-se das demais pessoas. Mas, para isso, é fundamental o planejamento e a organização.

Antonio Braga é Engenheiro Agrônomo, especializado em vendas, consultor, escritor, palestrante e instrutor de vendas. e-mail: sagracv@terra.com.br  Site: www.sagracv.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: