Demóstenes Torres é cassado e Calote em alta

Resumo comentado das notícias da semana que passou.

Fonte: Blog da Miriam Leitão

Demóstenes Torres é cassado – Ele teve o seu mandato cassado no Senado por causa de sua relação com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. É a segunda vez na história do Senado que ocorre uma cassação de mandato. Demóstenes não poderá disputar eleições até 2027.

BC reduz juros – Como era esperado, o Copom reduziu, pela oitava vez consecutiva, a taxa básica de juros, para 8%. O corte foi de 0,5 ponto percentual. A inflação em queda e o crescimento baixo justificam essa nova redução. A previsão é de novos cortes. No entanto, os juros ao consumidor subiram: pesquisa da Anefac divulgada esta semana mostrou que após quatro meses seguidos de queda nessas taxas, algumas voltaram a subir em junho (juro do comércio, empréstimo pessoal nos bancos e nas financeiras). A crise e o aumento da inadimplência explicam isso, segundo a Anefac.

Economia estagnada – O IBC-Br, índice do BC que tenta antecipar o crescimento do PIB, teve queda de 0,02% em maio. Como é um recuo muito pequeno, é praticamente uma estagnação. O segundo trimestre também pode ser de crescimento fraco.

Falando em PIB, esta semana a presidente Dilma disse que ele não pode ser usado para medir o sucesso de uma “grande nação”. Deve ser, segundo ela, por aquilo que faz por suas crianças e adolescentes. Eu concordo com ela, mas o curioso é que o governo vetou o aumento de gastos na educação, uma contradição. E está lançando um pacote atrás do outro para tentar levantar o PIB.

Vendas do varejo caem – Em pleno mês das Mães, a segunda melhor data para o comércio, as vendas caíram 0,8% em maio em relação ao mês anterior, o pior dado desde novembro de 2008. O número surpreendeu o mercado. Houve recuo nas vendas de supermercados e hipermercados (-0,2%), combustíveis e lubrificantes (-0,8%) e móveis e eletrodomésticos (-3,1%).

Calote em alta – A inadimplência cresceu 19% no primeiro semestre de 2012 em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a Serasa Experian.

Sobe preço do óleo diesel – A partir da próxima segunda-feira, o preço do óleo diesel nas refinarias estará 6% mais caro; para o consumidor, o aumento será de 4%. Essa é a primeira vez, desde 2008, que o reajuste será repassado para o consumidor.

Emprego na indústria cai – Em maio, o recuo foi de 0,3% em relação a abril e de 1,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado, o mais intenso desde dezembro de 2009.

Itaú e BMG no crédito consignado – As instituições criaram o Itaú BMG Consignado, com capital inicial de R$ 1 bilhão e participação de 70% do Itaú e 30% do BMG.

China – A economia chinesa cresceu “só” 7,6% no segundo trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, o crescimento mais baixo em três anos. A queda da inflação na China, para 2,2% (taxa anualizada), divulgada esta semana, significa que há espaço para o governo fazer novos estímulos ao crescimento econômico.

Europa – Foi mais uma semana difícil para a Espanha. O governo anunciou novos cortes, de 65 bilhões de euros, e a população protestou; mas desta vez, houve muitos feridos. O pacote do governo inclui aumento de impostos, cortes nos salários de funcionários públicos, redução do auxílio-desemprego e reforma nas aposentadorias.

A Espanha passará por uma espécie de Proer. Os maiores bancos serão saneados, capitalizados, os ativos podres vão para um lugar só, e o país receberá um adiantamento de 30 bilhões de euros do total de 100 bilhões de euros prometidos. Também terá mais prazo para atingir a meta de redução da dívida.

Já a nota da Itália foi rebaixada esta semana em dois níveis pela agência Moody´s.

Estudo da OIT mostrou que, desde o começo da crise, foram perdidos 3,5 milhões de empregos na Zona do Euro.

EUA – A ata do Fed, o BC americano, divulgada esta semana, prevê desemprego alto por 6 anos. Além disso, novos estímulos só se a situação piorar. O governo americano quer prorrogar o corte de impostos para reativar a economia, mas só para a classe média. O presidente dos EUA, Barack Obama, que tentará a reeleição, mostrou que a redução de impostos para os muito ricos não criou emprego.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: