Pontualidade é realmente uma virtude?

Por Flávio Emílio

Esta coluna é publicada as Sextas Feiras e aos Domingos

Cansei de ouvir candidatos a emprego declarando ser pontuais, quando perguntados sobre suas qualidades… Sempre questionei esse tipo de resposta. Chegar na hora ou com antecedência aos compromissos agendados deve ser visto como uma rotina, uma obrigação. No caso daqueles que buscam uma recolocação no mercado, é condição indispensável para reunir chances de conseguir um novo emprego.

Vejo também em modelos de avaliação de desempenho a assiduidade e pontualidade figurarem como critérios de mensuração de performance. Entendo que eles estão lá para estimular as boas condutas de chegar e sair nos horários e ser frequente ao trabalho. Mas, ambas são questões meramente contratuais… Quando passamos a integrar o quadro de pessoal de uma empresa nos comprometemos a seguir suas normas. Não há nada extraordinário em cumpri-las…

Entendo, em parte, a exaltação aos pontuais, pois há um grande número de atrasados crônicos  no mundo corporativo. Mas não devemos esquecer que vivemos num país que teima em transformar o óbvio em diferencial. Lembra das matérias que a imprensa publica sobre pessoas honestas, tratando-as como exceções à regra?

Não me causaria surpresa se produzirem um documentário no cinema ou um debate na TV abordando o tema “pontualidade como fator de sucesso na carreira profissional”.

Que tal investir em diferenciais de verdade?

Flávio Emílio Monteiro Cavalcanti é administrador e Mestre em Gestão de Recursos Humanos .

http://dropsdecarreira.com.br/blog/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: