Para que se justificar tanto?!

Por Flávio Emílio

Esta coluna é publicada as Sextas Feiras e aos Domingos

No mundo corporativo tudo deve ser fundamentado. Qualquer projeto precisa mostrar argumentos sólidos para sustentar sua aprovação. É o que chamamos informalmente de necessidade de “provar por A+B” que  a ideia é relevante, inovadora e viável.

A questão é que muita gente exagera nas justificativas…

Você já parou para pensar em quantas vezes já usou de argumentos pessoais para justificar-se em algum de seus posicionamentos?

Não considero essa uma boa atitude, pois demonstra certa subserviência para com o outro, quase um pedido de desculpas. Se a resposta é “sim”, haverá uma fundamentação técnica para tal. Se for “não”, também se deve buscar o mesmo caminho. Misturar preferências pessoais, assuntos de família, dramas particulares em questões relacionadas ao seu trabalho demonstrará baixo grau de profissionalismo.

Portanto, quando precisar apresentar uma decisão, fundamente-a de forma objetiva, usando elementos factuais de natureza técnica. Evite expor desnecessariamente a dimensão pessoal da sua vida.

Flávio Emílio Monteiro Cavalcanti é administrador e Mestre em Gestão de Recursos Humanos .

http://dropsdecarreira.com.br/blog/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: